(41) 2106-6870

©2018 by Instituto Maurino Veiga

  • Maurino Veiga

Análise de prioridade

Ao estabelecer prioridades dentro de uma lista de atividades, precisamos manter os mesmos quesitos a serem analisados. Que ao final podemos comparar entre eles, para assim entendermos a classificação de prioridade mais relevante naquele momento.


Uma ferramenta muito útil desenvolvida por Charles Kepner e Benjamim Tregoe em 1981, chama-se matriz GUT (gravidade, urgência e tendência). A primeira explicita a seriedade da atividade, ou melhor, qual o impacto que essa atividade não realizada traria para a empresa. A segunda traz a importância do tempo/prazo para a resolução, ou seja, quanto tempo tem disponível. E a última é uma avaliação do que ocorreria na empresa se essa atividade e/ou problema não for resolvido. A partir dessas três divisões, são atribuídas notas de 1 a 5, onde 5 seria a atividade mais grave, urgente e/ou tendenciosa. Utilizando a tabela a seguir.


Com essa tabela em mãos verificamos para a atividade/serviço/projeto que estamos analisando, e somamos os números avaliados. Como por exemplo, a comparação entre a atividade de escrita de propostas para clientes novos, e resolução de pendências para clientes.

Gravidade Urgência Tendência Soma

Pendências de clientes 5 5 5 15

Proposta para clientes novos 3 4 1 8


Mesmo as duas atividades sendo importantes, com a matriz GUT podemos verificar qual delas devemos resolver primeiro, já que possui um somatório maior. Onde essa soma pode variar de 3 a 15, sendo que quanto maior o número maior deve ser a sua prioridade.


Aline Kaminski